Usamos cookies para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor e analisar o tráfego do site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Para saber mais sobre cookies, acesse nossa política de privacidade.

Dallé

Central do cliente


Perguntas frequentes


Onde posso comprar o meu Dallé?

Você pode comprar com um dos nossos corretores, é muito fácil e rápido, basta acessar o chat de atendimento em nosso site ou entrar em contato com as imobiliárias parceiras:

Novolar Imóveis:

Telf: (53) 3242-9459 / (53) 9 9937- 6851

Endereço: Av. General Osório- 1219, Bagé – Centro

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta: 9:00 às 18:30 / Sábado: 9:00 às 12:00

 

Wild Imóveis:

Telf: (53) 3242-6191

Endereço: Av. General Osório- 1089, Bagé – Centro

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta: 8:30 às 18:00 / Sábado: 8:30 às 12:00

 

Imobiliária Predial:

Telf: (53) 3242-1067

Endereço: Rua Carlos Mangabeira- 37, Bagé – Centro

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta: 9:00 às 17:00 / Sábado: Fechado

Como posso adquirir a minha casa própria?

Temos duas modalidades para compra do seu imóvel:

1. Pagamento direto com a construtora; e

2. Através de financiamento bancário.

No caso do Programa Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida), se sua família tem renda mensal entre R$ 1.600,00 e R$ 7.000,00, você pode entrar em contato diretamente com as imobiliárias parceiras para tirar todas as dúvidas sobre o financiamento, escolher o seu imóvel e fazer sua análise de crédito junto aos bancos parceiros. O banco irá analisar a sua documentação e do imóvel, apresentando as melhores condições para o financiamento de acordo com a sua idade e renda.

As imobiliárias parceiras estarão sempre à disposição para eventuais dúvidas durante esse processo.

Quais as vantagens do Casa Verde e Amarela na Dallé?

- Atendimento especializado: quando você escolhe comprar um Dallé, está comprando com a maior parceira da Caixa Econômica Federal no Programa Casa Verde e Amarela em nossa região. Isso significa que você receberá um atendimento totalmente especializado, de quem já vendeu mais de 2.000 unidades pelo programa Minha Casa Minha Vida. Nossas imobiliárias parceiras conhecem todos os detalhes e informações necessárias para você conquistar o seu apartamento.

 

- Facilidade no financiamento: Tanto a Dallé, como o programa Casa Verde e Amarela, oferecem uma grande facilidade no financiamento, permitindo que a entrada de 20% do valor total do imóvel seja parcelada em até 30 meses e o saldo de 80% seja quitado em até 360 meses.

 

- Taxas de juros: o Casa Verde e Amarela oferece valores bem abaixo dos praticados pelo mercado, de acordo com a renda da família, facilitando a aquisição do imóvel.

 

- Segurança: Ter uma casa ou apartamento próprio é uma das formas de garantir um pouco mais de segurança para você e quem você ama. Um imóvel faz parte da história de qualquer família e ajuda em todos os outros aspectos da vida, trazendo conforto, comodidade e servindo como um porto seguro, inclusive para os momentos mais difíceis.

 

- Adeus ao aluguel: talvez a maior vantagem do Casa Verde e Amarela seja a chance de sair do aluguel. Alugar uma residência é um dos gastos mais altos da vida de um brasileiro e, dessa forma, ele vê todo mês uma quantia considerável do seu salário indo embora sem retorno algum. Com o programa, é possível destinar essa verba para pagar as parcelas e, no final do financiamento, ter um apê completamente seu, do jeito que sempre quis.

Qual o valor máximo da minha parcela?

O valor da parcela mensal deve ser menor que 30% da sua renda total. Por exemplo, se sua renda é de R$2.000,00, a parcela não passa de R$600,00.

Em quantas parcelas posso financiar o meu Dallé?

Além das menores taxas de juros do mercado, você tem até 360 meses para pagar o seu imóvel através do financiamento na planta, e ainda pode dividir a entrada em até 30x direto com a Construtora. Consulte condições com as nossas imobiliárias parceiras e confira as facilidades.

Quais são as taxas de juros?

GRUPO 01: Famílias com renda bruta de até R$ 2.000,00:
Faixa 1,5: Você pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela CAIXA com taxas de juros a partir de 4,5% ao ano e subsídios de até R$ 26.390,00, de acordo com a sua renda e região onde você mora. E ainda você tem até 30 anos para pagar.

GRUPO 02: Famílias com renda bruta entre R$ 2.000,00 e R$ 4.000,00:
FAIXA 2: Se sua família se encaixa nesta faixa de renda, as taxas de juros variam entre 5% e 7 % a.a. e os subsídios podem chegar até R$ 12.917,00 de acordo com sua renda e localização do imóvel.

GRUPO 03: Famílias com renda bruta entre R$ 4.000,00 e R$ 7.000,00:
FAIXA 3: Para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00, a taxas de juros variam entre 7,66% e 8,16% a.a.

Quem pode participar do programa?

As famílias com renda de até R$ 7.000,00 que estão em busca do 1° imóvel. É só entrar em contato com uma das imobiliárias parceiras para realizar uma simulação e identificar a melhor opção de financiamento para a sua família sair do aluguel e iniciar a construir o seu patrimônio.

Quais são as condições para participar?

- Você não pode ter outro imóvel em seu nome na cidade que mora ou trabalha.

- A sua prestação não pode ser maior que 30% da sua renda familiar mensal.

- Sua renda familiar bruta deve ser no máximo R$ 7.000,00 por mês.

- O imóvel deve ser utilizado para sua moradia.

- É preciso apresentar comprovante de renda formal, informal ou combinada.

- É preciso apresentar documento oficial de identificação.

É possível fazer o financiamento do Casa Verde e Amarela sendo autônomo?

Sim, é possível. Para comprovar a sua renda, é preciso juntar extratos e comprovantes de transações e movimentações bancárias, assim como comprovantes de pagamentos e a declaração do seu Imposto de Renda. Também é necessário comprovar o trabalho autônomo e apresentar o carnê do INSS.

Posso participar do programa Casa Verde e Amarela com o nome sujo ou com restrições no CPF?

Não há nenhuma regra específica do programa Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida) que cita restrições nestes contextos. Entretanto, caso você esteja negativado no SPC ou Serasa, é possível que isso prejudique a aprovação do seu financiamento nos bancos ou instituições financeiras, mesmo comprovando renda. Por isso, recomendamos que você regularize tudo antes de ingressar no programa.

Quando posso assinar o contrato?

Quando você tiver com toda a documentação aprovada e validada pelo banco, e o contrato assinado com a Dallé, você assina o contrato de financiamento e se torna um feliz proprietário da sua casa própria.

Quais documentos preciso ter para comprar um imóvel Casa Verde e Amarela vinculado a um empreendimento?

* Documento oficial de identidade;
* CPF;
* Comprovante do estado civil;
* Comprovante de residência;
* Comprovação de renda;
* Declaração do IR ou Declaração de Isento;
* Declaração pessoal de saúde, se o financiamento for pelo SBPE;

O que é subsídio?

Subsídio é a parte do valor do imóvel que será pago pelo governo. É isso mesmo, o governo federal paga parte do seu novo imóvel para realizar seu sonho da casa própria.

Como é calculado o meu subsídio?

Os valores máximos dos subsídios variam de acordo com a cidade e com a renda bruta familiar. Cada cidade tem um valor máximo para que o imóvel se encaixe no programa. A Dallé oferece imóveis na cidade de Bagé com subsídios de até R$26.390,00.

Posso usar meu FGTS no programa Casa Verde e Amarela?

Sim, você pode utilizar o seu FGTS para comprar um Dallé no Casa Verde e Amarela. Você só precisa seguir as seguintes condições:

* É preciso ter no mínimo três anos de trabalho sob o regime do FGTS, somando-se os períodos trabalhados, consecutivos ou não, na mesma ou em empresas diferentes.


* Não possuir financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do País.


* Não ser proprietário, possuidor, promitente comprador, usufrutuário ou cessionário de imóvel residencial urbano ou de parte residencial de imóvel misto, concluído ou em construção, localizado no município de sua atual residência, ou onde exerce a sua ocupação laboral principal, incluindo os municípios limítrofes e integrantes da mesma região metropolitana.